Serviços

Convênio Farmácia

 

O Convênio Farmácia DPSP possui mais de 1200 empresas credenciadas, possibilitando que os associados adquiram medicamentos e produtos de higiene e beleza nas filiais, pelo televendas ou na loja virtual com as facilidades escolhidas pela empresa.

Com uma proposta simplificada, gratuita e segura, os credenciados podem realizar suas compras utilizando apenas senha e o número do CPF, não sendo necessária a emissão de cartões. O colaborador pode utilizar o serviço em menos de 24 horas após seu cadastramento e também é possível fazer consultas pelo portal para checar saldo e limite para compras.

 

 

Clique aqui para mais informações

 

Convênio com Laboratórios

 

Oferecemos atendimento a diversos programas de benefícios em parceria com laboratórios. Basta o cliente se cadastrar em um dos programas de benefício de medicamento para receber descontos na aquisição de medicamentos e assim, dar continuidade ao tratamento de doenças crônicas.

Informe-se com um de nossos colaboradores sobre os laboratórios que oferecem o benefício e quais são os critérios para utilização.

 

Clique aqui para mais informações

SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente

Para sugestões ou críticas sobre atendimento, favor entrar em contato pelo telefone:

0800 779 8767

De segunda a sábado, das 8h às 20h (exceto feriados).

Caso prefira, registre sua mensagem no formulário abaixo. Nosso prazo para retorno para sua mensagem é de 5 (cinco) dias úteis.

 

Informações sobre Pedidos:

Para obter informações sobre status do seu pedido, solicitar cancelamento ou demais informações, acesse os canais abaixo:

  • Telefone pós-vendas: 3003-3737

 

Farmácia Popular: Dúvidas Frequentes

Desde 2006 o Ministério da Saúde ampliou o Programa Farmácia Popular do Brasil para a rede privada, criando o Aqui tem Farmácia Popular. De acordo com a Portaria 111, de 28 de Janeiro de 2016, integram a listagem de itens do programa medicamentos para:

  • Asma
  • Contracepção
  • Diabetes mellitus
  • Dislipidemia
  • Glaucoma
  • Hipertensão arterial
  • Incontinência Urinária (fraldas geriátricas)
  • Mal de Parkinson
  • Osteoporose
  • Rinite

Os medicamentos para tratamento de asma, hipertensão arterial e diabetes mellitus são distribuídos gratuitamente pelo PFPB.

O programa oferece benefícios para aquisição de fraldas geriátricas e medicamentos para tratamento de dislipidemia, contracepção, glaucoma, mal de Parkinson, osteoporose e rinite com preços até 90% mais baratos.

Buscando esclarecer algumas dúvidas e orientar sobre os critérios para a aquisição de medicamentos com o benefício do Aqui tem Farmácia Popular, seguem respostas para algumas perguntas frequentes.

O que é necessário para adquirir medicamentos com o benefício do Programa?

É necessária a apresentação pelo beneficiário da prescrição, laudo ou atestado médico, do documento oficial com foto e CPF, ou de documento de identidade no qual conste o número do CPF de acordo com as regras do programa.

Como faço para adquirir medicamentos para menores de idade?

Quando a receita for prescrita para pacientes menores de idade é necessário apresentar a certidão de nascimento ou RG do menor, o CPF e o documento de identidade com foto do pai ou mãe, e, para representantes legais do menor, a apresentação da documentação comprobatória.

Posso adquirir qualquer medicamento indicado para o tratamento dessas doenças?

Não. Há uma relação com os itens disponibilizados pelo programa. Estes medicamentos estão cadastrados por seus princípios ativos.

Qual é a validade do receituário médico?

• Contraceptivos: válidos por 1 ano a partir da data da prescrição
• Medicamentos do PFPB e Fraldas Geriátricas: válidos por 180 dias a partir da data da prescrição

Data, indicação e limite para venda devem ser verificados de acordo com a tabela abaixo e a receita somente poderá ser atendida se estiver dentro do prazo de validade.

Validade da Receita Indicação Limite p/Venda
180 dias Asma Tratamento para 30 dias
Diabetes
Dislipidemia (Colesterol e Triglicérides)
Glaucoma
Hipertensão
Mal de Parkinson
Osteoporose
Rinite
180 dias Incontinência (Fralda Geriátrica) A cada 10 dias
365 dias Anticoncepcionais Tratamento para 30 dias
Regras para dispensação de fraldas geriátricas

– Pacientes com idade igual ou superior a 60 anos ou ser pessoa com deficiência.
– Para pacientes com 60 anos ou mais é necessário apresentar a prescrição médica/laudo/atestado médico que indique a necessidade do uso da fralda geriátrica com a respectiva Classificação Internacional de Doenças (CID).
– Para paciente com deficiência é necessário apresentar a prescrição médica e/ou laudo/atestado médico.
– Para a venda de fraldas geriátricas não é necessário que o médico descreva o tamanho, este vai ser determinado pelo cliente no ato da compra.
– Todas as regras aplicadas para a dispensação dos medicamentos devem ser seguidas para a dispensação das fraldas geriátricas.
*Depo-provera, Ciclo 21 3×21; Gestrelan 3x21cp, Nordette 3x21cp: liberados a cada 90 dias

Obs.: os medicamentos Depo-provera (ciclo 21 3×21), Gestrelan (3x21cp) e Nordette (3x21cp) são liberados a cada 90 dias.

Caso o paciente esteja impossibilitado de comparecer ao estabelecimento, qual deve ser o procedimento para adquirir o medicamento?

Nesse caso, o procedimento dever seguir o que consta no Artigo 25 da Portaria nº 111 da Constituição Federal:

Art. 25 – Fica dispensada a obrigatoriedade da presença física do paciente, titular da prescrição, laudo ou atestado médico, mediante a apresentação dos seguintes documentos:

De acordo com a Portaria 111/16 – Art. 25, fica dispensada a obrigatoriedade da presença física do paciente, titular da prescrição, laudo ou atestado médico, mediante a apresentação dos seguintes documentos:

I – Beneficiário titular da receita: documento oficial com foto e CPF ou documento de identidade em que conste o número do CPF, salvo menor de idade, que permite a apresentação da certidão de nascimento ou registro geral (RG);

II – Representante legal, o qual assumirá, juntamente com o estabelecimento, a responsabilidade pela efetivação da transação: documento oficial com foto e CPF ou documento de identidade em que conste o número do CPF.

§ 1º Considera-se representante legal aquele que for:
I – Declarado por sentença judicial;
II – Portador de instrumento público de procuração que outorgue plenos poderes ou poderes específicos para aquisição de medicamentos e/ou correlatos junto ao PFPB;
III – Portador de instrumento particular de procuração com reconhecimento de firma, que outorgue plenos poderes ou poderes específicos para a aquisição de medicamentos e/ou correlatos junto ao PFPB;
IV – Portador de identidade civil que comprove a responsabilidade pelo menor de idade, titular da receita médica.

Quais os documentos oficiais com foto aceitos no PFPB?

São exemplos de documentos oficiais com foto aceitos no Programa Farmácia Popular:

· Documento de Identidade – RG;
· Carteira Nacional de Habilitação – CNH (art. 129 do Código de Trânsito Brasileiro);
· Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS;
· Passaporte;
· Registro Nacional de Estrangeiro – RNE, emitida pelo Serviço de Registro de Estrangeiros da Polícia Federal;
· Carteira de Identidade emitida por Órgão Controlador do Exercício Profissional, criado por Lei Federal (art. 1º da Lei n.º 6.206/75) – Exemplo: OAB, CRF, CRM, etc.;
· Carteira de Identidade Militar, expedida pelas Forças Armadas ou forças auxiliares para seus membros ou dependentes.

O receituário médico é retido no momento da compra?

Não. Uma cópia do receituário é providenciada para que seja arquivada, conforme as regras do programa.

Preciso assinar algum documento para retirar os medicamentos pelo programa?

Sim. O usuário do programa deverá assinar o cupom vinculado conforme assinatura do documento oficial apresentado.

Como é o procedimento de dispensação para pessoas que não assinam?

Para clientes não alfabetizados é necessário apresentar documento oficial, com foto, (RG), que comprove tal impossibilidade e será necessário inserir a digital no cupom vinculado. A presença do paciente é obrigatória para a aquisição dos medicamentos pelo PFPB. Este cliente também deverá apresentar os documentos e receituário nos termos do programa.

CRM do Médico ou RMS e outros Dados para Receituário.

Todos os receituários ou laudo para correlato devem conter: nome e endereço completo do paciente, nome, CRM ou RMS e assinatura do médico, endereço completo do estabelecimento de saúde, data da receita, nome(s) do(s) medicamento(s) e posologia(s).

Os dentistas (CRO) e os Médicos Veterinários (CRMV) não podem prescrever pelo programa da Farmácia Popular do Brasil.